5 vantagens de um software personalizado


O bom desempenho das empresas está cada vez mais atrelado a softwares. Afinal, operações precisam ser integradas e a comunicação deve acontecer de maneira prática, isso apenas para ilustrar. Em outras palavras: este é um investimento recorrente e que merece atenção – principalmente quando falamos de empresas que tenham necessidades muito especificas como, por exemplo, operadores portuários. Já que soluções prontas podem ser mais genéricas ou não entenderem a todas as demandas cotidianos. 

Neste caso, a saída é optar por um software personalizado. Afinal, deste modo você terá um sistema totalmente baseado na sua rotina operacional. 

Apesar disso, é comum que o comparativo entre o software personalizado e o de prateleira (como é chamada a solução pronta) gere uma série de dúvidas. Tendo em vista que, em um primeiro momento, o produto pronto tem um valor menor e a implementação tende a ser mais rápida. 

Por outro lado, o investimento no software personalizado tem um custo menor (a longo prazo) e diversos outros benefícios. Para te ajudar na sua escolha, nós vamos listar 5 deles. 

Vantagens de um software personalizado 

1. Pague pelo que você precisa 
Os softwares prontos podem te oferecer usabilidades que não são necessárias na sua rotina, enquanto o sistema personalizado terá apenas o que você precisa. Isso evita erros e retrabalhos.

Só para exemplificar: um dashboards de indicadores feito especialmente para uma empresa do setor portuário terá apenas as informações que são realmente importantes em sua rotina, sendo assim, alguns dados que podem ser necessários de modo geral serão ignorados aqui. Ou seja, antes do desenvolvimento é feita uma análise para chegar ao que realmente é necessário.

2. Menos gastos a longo prazo 
Num primeiro momento o software pronto pode parecer mais barato. Mas, esta economia é a curto prazo já que o sistema pode não atender a todas as necessidades (o que leva a outros gastos) ou estar  utilizando tecnologias mais antigas, menos seguras ou até mesmo deterioradas, por exemplo. Assim, fazer melhorias é mais complexo e como consequência mais caro.

No caso de quem lida com autoridade portuária esse é um fator importante. Afinal, novas exigências podem surgir e um sistema com tecnologia antiga, às vezes, não pode ser customizado para atendê-las. 

3. Adapte-se com menos dores de cabeça 
O software personalizado pode ter alterações a longo prazo, ou seja, novas necessidades serão integradas de modo mais simples – uma evolução do sistema em paralelo a empresa. 

4. Menos sistemas para o funcionamento da empresa 
Diferentes demandas podem ser resolvidas no mesmo sistema, o que garante menos sistemas funcionando ao mesmo tempo e maior facilidade de encontrar dados. 

5. Integração 
O sistema feito exclusivamente para você pode ter vários módulos (feitos de uma vez ou individualmente) que atendam as demandas de diferentes setores. Assim a integração será mais simples e a produtividade geral maior. É possível integrar, por exemplo, o seu EDI ou ADE02, ao sistema geral.

Empresas do setor portuário podem contar com a T2S 

A T2S é especialista em soluções de software para o setor portuário. Os especialistas da empresa são capacitados para desenvolver projetos variadas como, por exemplo: Portais Web, aplicações desktop e mobile, serviços e APIs de integração. Além disso, a empresa também pode te ajudar a encontrar a solução ideal para a sua demanda ou customizar o sistema já utilizado para que ele se adapte às novas necessidades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fique atento às mudanças do ADE 02

Port Community Systems será implementado no Brasil

Indústria 4.0: entenda o conceito e as oportunidades que ela promove