Manutenção no sistema de boletos de empresa de grande porte do setor de transporte marítimo é feita pela T2S

Quem contrata os serviços de transporte marítimo de uma das grandes empresas deste setor no Brasil é direcionado a um portal interno para a emissão de boletos bancários referentes às taxas de frete (manifestadas e locais).

Em janeiro de 2018, a companhia em questão contou com a expertise dos especialistas da T2S para fazer algumas alterações no sistema responsável por essa operação. Antes da manutenção, o portal do cliente emitia notas apenas em nome de um banco e essa era uma das alterações necessárias para maior comodidade dos clientes da empresa.

Para atender à demanda, a T2S – empresa especializada em soluções de software para o setor portuário – trabalhou em uma manutenção evolutiva no portal interno. Com as alterações, o sistema passou a emitir notas em nome dos bancos Santander e Itaú e os funcionários da empresa passaram a ter autonomia para definir o banco de cada cliente e um padrão para determinadas faturas.

Todo desenvolvimento foi realizado em cima do portal, com a criação de telas e relatórios utilizando a linguagem C#.NET e banco de dados Microsoft SQL Server.

"O resultado deste projeto proporcionará maior flexibilidade para o cliente na emissão dos boletos bancários, visto que até o momento só era possível a emissão de boletos de um único banco. Com a implantação em produção, a empresa poderá aplicar uma configuração de boleto personalizada para cada cliente e definir um padrão para todos os demais. As fases de testes e implantação são etapas críticas do projeto que envolveram um dos setores mais sensíveis da empresa e foram realizadas com a máxima cautela", explica Diego Mendoza, Analista de Sistemas envolvido na manutenção.

Centenas de boletos emitidos mensalmente serão afetados pelas mudanças realizadas, oferecendo flexibilidade e comodidade aos seus clientes, o que é um benefício incalculável.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conteinerização de grãos: uma solução viável para portos brasileiros

Fique atento às mudanças do ADE 02

5 Tecnologias que aceleram os processos logísticos