Como lidar com a alta demanda no mercado de TI?

Imagem
 Diretor da T2S comenta problemática da demanda por profissionais de TI A pandemia acelerou a transformação digital nas empresas. Com isso, a demanda por profissionais de Tecnologia da Informação (TI) aumentou, e as companhias passaram a lidar com a falta de mão de obra qualificada. De acordo com a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom) , em 2019, o número de alunos formados era de 46 mil, enquanto que a demanda estimada para o período de 2019 a 2024 chegaria a aproximadamente 70 mil. Com isso, o estudo estimava um déficit potencial anual de 24 mil profissionais de TI. No entanto, somente para este ano, a expectativa foi de 56 mil novas oportunidades de trabalho criadas, enquanto que em 2020, já considerando a pandemia, a expectativa era de 43 mil novas vagas sem preenchimento. “Esse efeito é como aquela máxima de o mercado se regular entre a oferta e a procura. A demanda de novas vagas, sempre foi maior que a oferta

T2S patrocina evento para fomentar o desenvolvimento tecnológico na região

Desafio Startup Cidadã reuniu equipes em busca de soluções para as áreas de Porto e Economia Criativa

Os participantes tinham o prazo de 34 horas para apresentarem a solução à banca

O Desafio Startup Cidadã aconteceu no último final de semana (26 e 27) e é parte da programação da 5ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, que busca fomentar o desenvolvimento tecnológico em Santos.

A T2S - Tecnologia, Soluções e Sistemas, foi patrocinadora do evento e, na competição, acompanhou a jornada dos participantes na busca por ideias inovadoras.

Sete equipes, divididas entre as categorias Porto (4) e Economia Criativa (3), foram desafiadas a encontrar soluções tecnológicas para as temáticas apresentadas, no prazo de 34 horas.


Os desafios


Os desafios propostos exigiram que os participantes encontrassem soluções para problemas corriqueiros das áreas temáticas apresentadas.

Na categoria de Porto, o problema a ser solucionado envolvia o registro das movimentações dos terminais pela Santos Port Authority (antiga Codesp), que é feita em uma planilha, de forma manual e exige o trabalho de 50 funcionários.

Os participantes deveriam resolver esta questão, além encontrar maneiras que permitissem uma melhor análise dos dados. Com o atual modelo, pouco se aproveita de forma estratégica as informações recebidas.

Na categoria de Economia Criativa o desafio foi utilizar a tecnologia a favor do mercado cultural da Cidade, especialmente considerando que Santos sediará em 2020 o evento Cidades Criativas da Unesco e receberá diversos representantes de vários países.

As ideias deveriam se desenvolver com o objetivo de promover experiências diferenciadas aos visitantes por meio da tecnologia, assim como torná-la uma aliada permanente da Cidade para o desenvolvimento da cultura local.

Importância regional


Apesar de serem desafios distintos, ambos convergiam para um mesmo objetivo, o de fomentar o desenvolvimento local por meio da tecnologia e, principalmente, por meio do alto potencial e das ideias dos profissionais da região.

Gabriel Melo, analista de sistemas da T2S e um dos avaliadores das equipes no desafio, observou que “os participantes estavam engajados em prol do desenvolvimento tecnológico. Um exemplo que observei, foi a equipe vencedora na categoria Porto, ressaltou que trabalha para movimentar a economia local e gerar oportunidades para os moradores daqui.”

Equipes destacaram o aprendizado ao longo da competição e a satisfação em contribuir para o desenvolvimento local

Sobre o evento


A 5ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, promovida pela Fundação Parque Tecnológico de Santos, é parte do calendário oficial da Cidade e ocorre simultaneamente à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A programação aconteceu entre os dias 21 e 27 de outubro e finalizou com o evento  "Desafio Startup Cidadã.

A T2S é  credenciada no Parque Tecnológico e patrocinou o evento, como parte das ações que vem desenvolvendo, com o intuito de contribuir para o surgimento de oportunidades à região.

Comentários

  1. Muito importante essa iniciativa da T2S em patrocinar eventos que incentivem a educação tecnológica tão escassa nesse país. Parabéns!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Port Community Systems será implementado no Brasil

Fique atento às mudanças do ADE 02

Atualização do Navis N4: o que fazer?