Como automatizar a DU-E

Imagem
Automatização garante agilidade e evita inconsistências   A DU-E (Declaração Única de Exportação) foi criada para trazer melhorias à atual legislação brasileira ao desburocratizar o processo logístico das exportações. Atender a essa exigência demanda muito tempo e atenção dos terminais, que buscam automatizar o processo. Essa automatização é possível uma vez que o governo já disponibiliza toda a documentação e estrutura necessárias para que as empresas desenvolvam a integração com o Siscomex . As empresas que buscam por essa automatização, podem contar com o serviço da T2S . Com ele é possível automatizar as seguintes parte dos processos:  Recepção por Contêiner Recepção por Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Consulta de Contêineres Consulta DU-E, RUC e RUC Master Por que automatizar a DU-E A DU-E exige o preenchimento de 36 campos e algumas informações da Nota Fiscal de Exportação (NF-E). Em geral, exportações com poucos itens podem ser feitas com facilidade, porém, em processos com mais

Atualizações API Módulo-Recintos

 A Coana publicou atualizações referentes ao desenvolvimento da API Módulo-Recinto, que será utilizada para receber e armazenar os dados enviados pelos recintos à Receita Federal Brasileira (RFB).



De acordo com o comunicado publicado no Portal Siscomex:


1 - Houve uma atualização no endereço para acessar a documentação técnica da API no ambiente de validação


2 -  O serviço de autenticação foi evoluído e passa a aceitar somente e-CNPJ para fins da API-Recintos;


3 - Todas as contribuições e dúvidas a respeito foram catalogadas e respondidas no formato “Perguntas Frequentes” no site do Portal Único;


4 - Foi disponibilizado o documento de especificação atualizado até 31/08/2020 (disponível em anexo).


Segundo a Serpro, outras alterações ainda podem ocorrer durante o desenvolvimento, que pode se estender até dezembro.


A disponibilização antecipada  dos documentos permite que os recintos iniciem suas análises, inclusive sobre eventos que ainda não entraram no ambiente de validação.


A T2S desde 2003 soluciona as principais demandas dos maiores terminais portuários do Brasil e está preparada para auxiliar os recintos na adequação da norma. 


Já atuamos em mais de 300 projetos em mais de 140 empresas, desenvolvendo soluções customizadas, inclusive para atendimento do ADE Coana / Cotec nº 02.


Entre em contato para mais informações.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Port Community Systems será implementado no Brasil

Fique atento às mudanças do ADE 02

Indústria 4.0: entenda o conceito e as oportunidades que ela promove