05 motivos para implementar o Pix

Imagem
 Conheça os benefícios dessa ferramenta para sua equipe e clientes Aumento da eficiência dos serviços prestados, redução de burocracias e melhoria no atendimento ao cliente são algumas pautas que permeiam o dia a dia de empresas no setor logístico/portuário. A solução passa, muitas vezes, pela revisão dos processos e do uso da tecnologia como aliada para o desenvolvimento dessas soluções. Implementado pelo Banco Central em novembro do ano passado, o Pix é uma solução de pagamentos instantâneos que tem obtido bons resultados para diversas empresas, inclusive do setor portuário. O sistema permite transações financeiras em segundos e fica disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana. É possível integrá-lo aos seus sistemas de gestão para que toda transação financeira tenha o Pix como alternativa. Mas, se você ainda não está convencido a integrar o Pix ao seu sistema financeiro, este artigo te dará mais 5 motivos para fazê-lo. Continue a ler. Sobre o uso do Pix Desde seu lançamento, em

Perguntas frequentes sobre o T2S-Recintos

Conforme se aproxima o prazo para a publicação do “novo ADE 02”, fica cada vez mais iminente a necessidade de ter uma solução ágil, que atenda de forma eficiente à norma.

O T2S-Recintos é uma solução desenvolvida pela T2S, para suprir a necessidade dos recintos de promover a integração com a API do Portal Único de Comércio Exterior.

Ele é um sistema web responsivo que envia os registros de eventos para o Portal Único por meio da API disponibilizada pela RFB, proporcionando monitoramento e contingenciamento.

Capaz de atender a qualquer recinto alfandegado no Brasil, esta solução única permite a adequação ágil e precisa às mudanças da Receita Federal.




Mas, se você ainda está se perguntando se o T2S-Recintos tem aderência à sua empresa, confira este post para sanar suas dúvidas.


Caso queira um atendimento personalizado, entre em contato gratuitamente com nossos especialistas e saiba mais sobre o T2S-Recintos


Confira abaixo as perguntas frequentes sobre o T2S-Recintos:


01- O T2S-Recintos é somente para terminais portuários? 

Não. O T2S-Recinto atende a qualquer recinto aduaneiro no Brasil:

  • Aeroportos Terminais de carga;
  • Aeroportos Terminais de passageiros;
  • Portos;
  • Pontos de Fronteira;
  • Portos Secos;
  • CLIAs;
  • REDEX;
  • Remessas Internacionais;
  • ACI - Área de Controle Integrado;
  • Bases Militares;
  • Lojas Francas;
  • Remessas Expressas;
  • Silos e Tanques;


02 - Quais as funcionalidades do T2S-Recintos? 

São funcionalidades do T2S-Recintos:


  • Atualização constante para manter conformidade com o Ato Declaratório Executivo Coana/Cotec nº 2;
  • Autenticação segura utilizando certificado digital;
  • Controle de permissões por usuários e grupos de acesso;
  • Monitoramento do recebimento dos dados de processamento;
  • Monitoramento da comunicação com a Receita Federal do Brasil (RFB);
  • Manutenção de ajustes e reenvio de eventos;
  • Configuração de alertas e notificações;
  • Registro de interações para auditoria;
  • Entrada manual de dados de eventos para contingenciamento;
  • Interface RESTful para recebimento de documentos pré-processados dos eventos de aplicações legadas utilizando Access Token.


03 - Quanto tempo leva a implantação do T2S-Recintos?

A implantação do T2S-Recintos leva em média 12 dias úteis, seguida da publicação que dura em média 20 dias úteis.

Ao total, são 32 dias úteis para a completa implantação e publicação do integrador.


04 - De que forma o T2S-Recintos está disponível?

A implementação do T2S-Recintos pode ser feita em ambiente físico ou virtual 


05 - Consigo utilizar algum dado do atual ADE 02? 

Não. Apesar de as informações necessárias para a API Módulo-Recintos serem muito parecidas com as exigidas pelo atual ADE 02, a maneira como elas são agrupadas nos eventos é totalmente distinta.

Mas, com o T2S-Recintos é possível padronizar o envio dos eventos, assim como a extração de dados, evitando assim, retrabalhos e a incidência de erros.


06 - O T2S-Recintos inclui as rotinas de extração de dados nas bases dos sistemas do terminal? 

Não. Essas rotinas são desenvolvidas a parte e o levantamento de requisitos é feito durante a análise de aderência;


07 - Quais são as camadas de segurança? 

Protocolo de comunicação seguro HTTPS, através do SSL/TLS;


08 - Qual é o servidor utilizado para a solução Cloud Based? 

Google Cloud;


09 - Como funcionam as rotinas de backup?

Backup diário e mensal armazenados por 12 meses;


10 - Existe alguma limitação de usuários simultâneos? 

Não.


11 - Como funciona a implantação em mais de um terminal de um grupo? 

É possível adquirir 01  licença para cada terminal.


Caso ainda tenha alguma dúvida, ou queria conhecer outras características do T2S-Recintos, entre em contato com nosso time comercial e saiba mais! 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Port Community Systems será implementado no Brasil

Fique atento às mudanças do ADE 02

Indústria 4.0: entenda o conceito e as oportunidades que ela promove