Empresa de TI amplia negócios e internacionaliza serviços oferecidos nos portos

T2S já contava com parcerias internacionais e agora apostou no mercado global com clientes de outros países

Divulgação/Terminal Zarate


Crescer, inovar e levar serviços e soluções de qualidade sempre estiveram na essência da T2S, empresa de Tecnologia da Informação (TI), que desenvolve sistemas de forma exclusiva ao setor portuário.

Em quase duas décadas de existência, conquistou a expertise necessária para almejar voos mais altos e agora internacionalizou seus serviços. Seu último negócio garantiu ampliar a área de atuação para a América do Sul, fechando contrato com o Terminal Zarate, na Argentina.

Segundo informações que constam no site do Terminal Zarate, o complexo portuário tem dois terminais especializados, sendo um de veículos, em operação desde 1996 primeiro da América Latina projetado e dedicado à movimentação de veículos, e o terminal de contêineres e carga geral, em operação desde 2001.

De acordo com o sales manager da T2S, Marllon Alves Rodrigues, esse era o momento certo para a expansão e internacionalização da empresa localizada em Santos, no litoral de São Paulo.

“Iniciamos o processo de internacionalização na América do Sul e logo no primeiro mês de alocação nos destacamos dentro do terminal atendido. Foi o momento certo pela flexibilização da mão de obra remota dos profissionais de TI.”

Hoje a T2S atua em 12 estados e está nos principais portos brasileiros. Por isso Rodrigues garante que “a empresa possui know-how portuário para atender qualquer modal logístico, nacional ou internacional.”


Parceria Internacionais

Antes mesmo de expandir o número de clientes, a empresa já era conhecida por atuar com parceiros globais, mostrando que há anos está com os melhores profissionais e fornecedores do setor portuário.

Rodrigues comenta ainda que além da prestação de serviços com alocação de mão de obra, o bom relacionamento e experiência no mercado trouxe grandes parcerias. “Incluindo empresas da Coréia do Sul, Austrália, EUA, Holanda, Finlândia, entre outros”, conclui.

Novos clientes pelo Brasil

Recentemente, além de dar início ao seu projeto de internacionalização, também garantiu novos clientes no país, fechando recentemente serviços com os terminais DP World Santos (São Paulo), Porto de Itapoá (Santa Catarina) e também a ODFJELL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Data de obrigatoriedade da API Módulo-Recintos fica indefinida

Receita Federal muda novamente data de obrigatoriedade da API Módulo-Recintos

Atualização do Navis N4: o que fazer?