T2S participa do GO LIVE Navis N4 no Tecon Suape


PORTO DE SANTOS, Brasil – A T2S registrou mais um GO LIVE neste ano com a implantação do Navis N4 no Tecon Suape. Foi o início da operação do novo sistema. Como as regras estabelecidas no Brasil são muito diferentes das regras usadas em outros países, foi necessário implementar adaptações em todos os processos no sistema. O objetivo foi otimizar tempo e reduzir custos, porque a ferramenta consegue direcionar as operações de forma mais inteligente, melhorando a organização do Terminal.

“É um privilégio trabalhar com esta equipe de excelentes profissionais e comprometidos com esta importante conquista. Agradeço a equipe da T2S pelo suporte ao longo desta jornada”, afirma Roberta Costa Siqueira, gerente de TI no Tecon Suape. A atuação da T2S na troca do TOS (Terminal Operating System) do Tecon Suape incluiu a integração com o Siscarga (Controle do embarque e desembarque dos contêineres no navio da Receita Federal), atualizando os dados dos contêineres e vinculando os documentos; o desenvolvimento dos Relatórios Analíticos Integrados; e a automatização de oito TDR’s (Terminal Departure Report), que são relatórios exigidos pelos armadores assim que o navio termina a operação e desatraca.

O analista de sistemas, Robson Romano de Almeida, há seis anos na T2S, explica a importância da transição do TOS em um Terminal. “Geralmente já se tem um sistema, mas que não conquista novos clientes. Quando substitui-se esse sistema para o Navis N4 que já é reconhecido, nosso cliente otimiza os processos porque essa ferramenta é usada em escala mundial. Conseguimos melhorar e agilizar todos os processos gerando maior valor comercial e operacional”.

Robson Almeida destaca que o grande diferencial nesse projeto foi a quantidade de usuários envolvidos. “No Tecon Suape foram aproximadamente 20 usuários o que comprova que o Terminal não precisa manter uma equipe muito grande para implantar sistema desse porte”. Cinco colaboradores da T2S foram envolvidos nesse projeto que teve a duração de dois anos. “Tivemos o acompanhamento, em média, de 10 profissionais (10 key users) do Tecon Suape de todos os setores, do operacional ao administrativo, sendo um usuário de cada processo dentro do próprio Terminal para testar tempo real todos os projetos”, explica.

Após esse GO LIVE do Navis N4, a T2S iniciou a operação suporte e manutenção das externalizações realizadas. Em seguida será iniciada a segunda fase com a implantação do módulo de Billing da Navis. Todos os GAPS já estão definidos. A implantação acontecerá ainda no primeiro semestre deste ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fique atento às mudanças do ADE 02

Indústria 4.0: entenda o conceito e as oportunidades que ela promove

Indústria Portuária: o que muda em 2020