Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

Já está preparado para integrar o Pix?

Imagem
O sistema de pagamentos instantâneos ou Pix, marca criada pelo Banco Central foi lançada em fevereiro de 2020 e desde novembro está disponível aos usuários.  É possível integrar o Pix aos seus sistemas de gestão para que toda transação financeira tenha o Pix como alternativa. Com isso, será possível não só reduzir os custos da operação, como também oferecer mais segurança e uma melhor experiência para seus clientes. Sobre o Pix Por meio de um serviço que fica disponível 24 horas por dia, sete dias por semana e todos os dias do ano, é possível realizar transferências monetárias em tempo real, diretamente da conta do usuário pagador para o usuário recebedor, sem necessidade de intermediário. Como é um meio de pagamento bastante amplo, sua disponibilização permitirá não somente a melhoria em transações financeiras, mas também facilitar a automação de processos e a conciliação dos pagamentos, pois, por ser integrado, informações importantes para a transação poderão cursar junto com a ordem

Brasil Terminal Portuário integra Pix às operações de importação

Imagem
A Brasil Terminal Portuário uniu o PIX às operações de importação e a T2S foi parceira no projeto ao desenvolver a integração que agilizou os processos dos parceiros comerciais da empresa. A BTP é pioneira neste tipo de integração e a T2S viabilizou o projeto por meio do serviço de consultoria, que contou com 3 analistas dedicados. O projeto O projeto permite que transações bancárias sejam realizadas em segundos.  De acordo com a analista de sistemas responsável pelo projeto, a primeira transação no ambiente da BTP, assim como os primeiros testes foram feitos logo após o início do projeto.  Foi uma transação via Postman, onde foi concluída a primeira etapa do fluxo de autenticação e geração do QRCode.  Foi feita uma transação de R$ 0,01 pago a BTP via bankline. A transação foi bem sucedida e, após a correção de pequenos detalhes técnicos, a equipe deu início aos testes com os usuários. Em seguida, após os primeiros testes com clientes, calcula-se que o tempo médio de liberação de carga