Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

5 razões para ter um software para gestão de frotas

Imagem
Gerenciar frotas, principalmente com um grande número de veículos e com cargas de alto valor agregado na estrada, é um grande desafio. Afinal, existem inúmeros fatores que precisam ser considerados antes de um caminhão pegar a estrada e também durante a viagem – da manutenção ao gerenciamento do trajeto, tudo precisa ser pensado para evitar problemas.

Sistemas para o setor portuário: 3 dicas para um desenvolvimento de sucesso

Imagem
A implementação de sistemas para o setor portuário (ou qualquer outro) é mais do que simplesmente instalar um software e treinar a equipe para utiliza-lo. Para garantir os bons resultados que são esperados, esse processo é um pouco mais longo e começa antes mesmo do desenvolvimento do sistema. Afinal, é necessário garantir que desde as primeiras linhas do código do programação até o go live tudo esteja dentro do planejado.

Apenas 9% dos terminais portuários no mundo são semi-automatizados

Imagem
Os números contidos nos índices de produtividade são mais do que meros números para terminais de contêineres. Afinal, é com base nestes dados que operadores portuários fazem negócios que podem ser fechados ou perdidos em instantes. Por isso, existe uma maratona em busca de uma produtividade cada vez maior e ela resulta em uma revolução no setor portuário: a automação de cada vez mais funções.

Confira as novidades apresentadas na 18ª edição da TOC Americas 2018

Imagem
A TOC Americas, um dos principais eventos de portos e transporte do mundo, aconteceu entre os dias 13 e 15 de novembro no Panamá e a T2S - empresa especializada em soluções de software para o setor portuário - participou de mais uma edição. Representada pelos diretores Ricardo Pupo Larguesa e Rodrigo Lopes Salgado, por meio de uma conferência técnica internacional, estavam presentes para discutir os principais problemas do setor e novidades tecnológicas.

Perspectivas econômicas e comerciais, automatização, tecnologia limpa e os desafios portuários, foram alguns dos temas abordados durante o evento que contou com a participação de grandes nomes do setor.

Primeiro dia No primeiro painel do evento, empresas como Stop Connections, Camco Technologies, Liebherr, TBA Group, Advent Intermodal Solutions LLC e Portel Logistic Technologies trataram de assuntos como a utilização de software para gerenciamento da manutenção eficiente de equipamentos; como usar automação por OCR no gate para conseg…

Fraude em licitações e contratos superfaturados no Porto de Santos somam R$ 37 milhões

Imagem
Após vazamento de um vídeo em 2017, onde um assessor do presidente da CODESP (estatal responsável pela gestão do Porto de Santos) confessa a prática de irregularidades na empresa, o Ministério Público juntamente com a Controladoria Geral da União e a Receita Federal iniciaram um inquérito para investigar fraudes em licitações e superfaturamento de contratos que somam R$ 37 milhões.

Dentre as irregularidades, foram identificadas fraudes nos processos relacionados à aquisição e manutenção de softwares e consultorias que visam o favorecimento de um “cartel” de empresas. “Começamos a desarticular uma das maiores organizações criminosas de valores atuando no Porto de Santos. Há elementos que indicam a atuação no Porto de Santos há muito mais tempo do que os contratos analisados.” diz o procurador-chefe da Procuradoria-Geral da República de São Paulo.

No dia 31/10/2018 foi iniciada a operação chamada “Tritão”, dentre os alvos estão: Jose Alex de Oliva, presidente da CODESP, que foi preso e…

IoT no cenário logístico e suas principais mudanças

Imagem
A Internet das coisas (IoT) está mudando drasticamente o funcionamento de vários setores de trabalho. E, claro, a logística está na lista dos “afetados” pelo surgimento e fortalecimento dessa metodologia. Afinal, esse é um setor que busca atualização constante e a logística 4.0 já é uma realidade no mercado.

Aplicações mobile para a logística portuária pra quê?

Imagem
A tecnologia é a cada dia mais aliada de grandes empresas do setor logístico. Não importa se estamos falando de armadores portuários, despachantes aduaneiros ou empresas que realizam o transporte final das cargas, uma coisa é certa: para o bom funcionamento de suas atividades, existem intervenções tecnológicas no processo.