Como automatizar a DU-E

Imagem
Automatização garante agilidade e evita inconsistências   A DU-E (Declaração Única de Exportação) foi criada para trazer melhorias à atual legislação brasileira ao desburocratizar o processo logístico das exportações. Atender a essa exigência demanda muito tempo e atenção dos terminais, que buscam automatizar o processo. Essa automatização é possível uma vez que o governo já disponibiliza toda a documentação e estrutura necessárias para que as empresas desenvolvam a integração com o Siscomex . As empresas que buscam por essa automatização, podem contar com o serviço da T2S . Com ele é possível automatizar as seguintes parte dos processos:  Recepção por Contêiner Recepção por Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Consulta de Contêineres Consulta DU-E, RUC e RUC Master Por que automatizar a DU-E A DU-E exige o preenchimento de 36 campos e algumas informações da Nota Fiscal de Exportação (NF-E). Em geral, exportações com poucos itens podem ser feitas com facilidade, porém, em processos com mais

Brasil Terminal Portuário integra Pix às operações de importação

A Brasil Terminal Portuário uniu o PIX às operações de importação e a T2S foi parceira no projeto ao desenvolver a integração que agilizou os processos dos parceiros comerciais da empresa.

A BTP é pioneira neste tipo de integração e a T2S viabilizou o projeto por meio do serviço de consultoria, que contou com 3 analistas dedicados.



O projeto

O projeto permite que transações bancárias sejam realizadas em segundos. 

De acordo com a analista de sistemas responsável pelo projeto, a primeira transação no ambiente da BTP, assim como os primeiros testes foram feitos logo após o início do projeto. 

Foi uma transação via Postman, onde foi concluída a primeira etapa do fluxo de autenticação e geração do QRCode. 

Foi feita uma transação de R$ 0,01 pago a BTP via bankline. A transação foi bem sucedida e, após a correção de pequenos detalhes técnicos, a equipe deu início aos testes com os usuários.

Em seguida, após os primeiros testes com clientes, calcula-se que o tempo médio de liberação de carga foi reduzido em 80% ( de 15 para 3 minutos) no Terminal.


Sobre o Pix

Por meio de um serviço que fica disponível 24 horas por dia, sete dias por semana e todos os dias do ano, é possível realizar transferências monetárias em tempo real, diretamente da conta do usuário pagador para o usuário recebedor, sem necessidade de intermediário.

Como é um meio de pagamento bastante amplo, sua disponibilização permitirá não somente a melhoria em transações financeiras, mas também facilitar a automação de processos e a conciliação dos pagamentos, pois, por ser integrado, informações importantes para a transação poderão cursar junto com a ordem de pagamento.

Para as empresas, inclusive no setor portuário, seus benefícios incluem a segurança dos dados, redução de custos com transações e uma melhor experiência do usuário, garantida através da disponibilidade, facilidade e rapidez oferecidas pelo sistema. 


Sobre a T2S

A T2S é referência no desenvolvimento de soluções customizadas para os maiores terminais portuários da América Latina, oferece o serviço de integração com o Pix.

Pautada no desenvolvimento sob demanda, se consolidou como especialista na criação de soluções customizadas para atender às necessidades específicas de seus clientes. 

Sua equipe carrega a experiência de diversos cases de sucesso e o conhecimento aprofundado das regras de negócio do setor portuário.

Já são mais de 500 mil horas de programação e 100% de projetos entregues para mais de 140 empresas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Port Community Systems será implementado no Brasil

Fique atento às mudanças do ADE 02

Indústria 4.0: entenda o conceito e as oportunidades que ela promove